Vinícius Romero

Depoente: 
Vinícius Romero | Gerência de Assuntos Institucionais | ANFAVEA

"Caro Mestre,

Sem exagero, digo que posso dividir minha vida em duas etapas: antes e após o MBA.

Quando cursei o MBA, estava em uma fase da minha carreira extremamente importante. Ao mesmo tempo em que a concorrência pelas boas vagas no mercado de trabalho era – e ainda é – altamente intensa, sentia necessidade de obter mais conhecimento para aprofundar, tornar mais denso os trabalhos desenvolvidos por mim. Neste sentido o MBA foi simplesmente perfeito para mim.

Sou jornalista e, à época do MBA, trabalhava em uma editora onde fazia reportagens e desenhava o conteúdo de congressos e seminários. Antes do curso, não tinha conhecimento necessário para aprofundar as entrevistas com alguns dos principais executivos da indústria automobilística. Após o curso, foi nítida a melhora dessas entrevistas, porque conseguia aprofundar as discussões com estes porta-vozes. Este crescimento foi fundamental, inclusive, para a produção de uma reportagem intitulada “Desafio na mesa”, capa da edição nº 283, de março de 2013, da Revista AutoData, que me rendeu um reconhecimento do Prêmio SAE de Jornalismo daquele ano.

Logo após a finalização do MBA, abracei uma oportunidade de trabalho que representava um grande desafio para mim: ser gerente de assuntos institucionais da ANFAVEA, talvez a principal entidade de classe do Brasil. Afirmo que era um enorme desafio, pois sabia que teria que aplicar todos os conhecimentos adquiridos no curso para gerir projetos adequadamente, ter capacidade de analisar o contexto, desenvolver as melhores estratégias e analisar profundamente os mais diversos temas recorrentes à indústria, desde a produção, cadeia de suprimentos, qualidade, produto e muitos outros. Hoje, com três anos passados já na ANFAVEA, tenho certeza que o MBA foi parte essencial da minha preparação para executar minhas funções.

Além disso, a convivência com meus colegas de turma, com os mestres e professores, me fez crescer como pessoa também, no sentido de entender as diferenças culturais e de formações acadêmicas, os objetivos e as fases da carreira em que cada um estava.

Por isso eu sou um defensor assíduo deste MBA e o recomendo fortemente para qualquer pessoa que busque aprimorar seus conhecimentos e, mais do que isso, aplicar esta experiência para desenvolver seu trabalho cada vez melhor.

Um abraço e obrigado,

Vinícius Romero"

Portal FGVENG

Escolas FGV

Acompanhe na rede